Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player


Acessos -
Deprecated: mysql_connect(): The mysql extension is deprecated and will be removed in the future: use mysqli or PDO instead in /home/jornalpr/public_html/Connections/dbgeral_gersite.php on line 5
161934


Clique aqui para acessar


FACEBOOK

*JORGE DA SILVA SILVA
http://www.facebook.com/PrJorgeSilva

*MÁRIKA SOARES COSTA
http://www.facebook.com/MARIKASOARESCOSTA


Clique aqui e confira as fotos



CLIQUE AQUI E CONFIRA AS FOTOS



CLIQUE AQUI E CONFIRA AS FOTOS


Clique aqui e confira as fotos


Clique aqui e confira as fotos


Clique aqui e confira as fotos


Clique aqui e confira as fotos


Clique aqui e confira as fotos

Clique aqui e confira as fotos


Clique aqui e confira as fotos


 

Boa Tarde! Hoje é: 23/10/2018
Artigos

Deprecated: mysql_connect(): The mysql extension is deprecated and will be removed in the future: use mysqli or PDO instead in /home/jornalpr/public_html/Connections/dbgeral_gersite.php on line 5
Pr. Vicente de Deus - Foto: Núbia Camargo
 
 
Vencendo e Solucionando Qualquer Conflito
 
O irmão ofendido é mais difícil de conquistar do que uma cidade forte; e as contendas são como os ferrolhos de um palácio”. Pv 18.19
 
Conflitos podem ser benéficos ou nocivos, dependendo de como os enfrentamos. Sempre que entramos numa discussão, iniciando-a ou respondendo a quem a iniciou, tendemos a defender nosso ponto de vista e a atacar o do outro. Na maioria das vezes, esse é nosso único objetivo. Também não respeitamos regra alguma. Falamos tudo o que nos vem à cabeça. Agimos sem pensar e geralmente causamos mais mágoa do que seria necessário ou benéfico, e ainda somos magoados de volta. O resultado é que nosso relacionamento fica temporário ou permanentemente prejudicado. Salomão diz que isso é tolice. Seja qual for o motivo da discussão, devemos, ao perceber o que está acontecendo, assumir o controle das nossas palavras e mudar o foco. Em vez de simplesmente defendermos ou atacarmos, devemos buscar o melhor resultado possível para ambas as partes.
 
 
AS CAUSAS DE UM CONFLITO NOCIVO:
 
Salomão nos diz que são cinco os motivos que tornam um conflito nocivo e destrutivo. Sempre que pensarmos em entrar numa discussão, devemos nos perguntar se ela se baseia em alguma das causas a seguir.
1. Orgulho - Em Provérbios 13:10 encontramos: “O orgulho traz apenas contendas. A sabedoria está com os que se deixam aconselhar.” A arrogância natural e o orgulho são as maiores causas dos nossos problemas. Então, antes de entrar em um conflito, pergunte-se se o principal motivo da discussão é simplesmente alimentar seu ego ou defendê-lo de um ataque. Se for assim, interrompa a discussão. Salomão sugere que você busque conselhos externos antes de entrar em choque com alguém. Ele dá a entender que a sabedoria extraída desses conselhos muitas vezes evita que você se deixe levar pelo orgulho. Guarde suas discussões e conflitos para as questões que realmente importam para os momentos em que danos reais tenham ocorrido ou estejam prestes a ocorrer e um enfrentamento seja a única forma de solucioná-los ou impedi-los.
2. Raiva - Como está em Provérbios 15:18: “Um homem colérico atiça a querela; o homem paciente acalma a rixa.” As discussões geralmente começam porque uma das pessoas está com raiva. E o mais comum é que essa raiva nada tenha a ver com a discussão. Se você perceber isso, procure resolver os problemas que o estão atormentando antes que eles destruam relacionamentos importantes na sua vida. Se a outra pessoa está passando por uma crise que a deixa nervosa, evite entrar em conflito com ela, mesmo que isso signifique limitar o tempo que vocês passam juntos.
3. Palavras duras - Lemos em Provérbios 15:1: “Resposta branda aplaca a ira, palavra dura atiça a raiva.” Basta uma única afirmação ríspida ou algumas palavras cruéis para começar ou intensificar um conflito. Na maioria dos relacionamentos, sabemos quais são os pontos sensíveis que provocam uma briga e quais as palavras e afirmações que fazem o outro perder o controle. Salomão sugere que pensemos antes de falar e agir e que usemos palavras ternas e gentis para amainar a tensão, em vez de palavras duras para aumentá-la.
4. Reações impulsivas - Em Provérbios 25:8, Salomão diz: “Não te apresses a entrar em conflito ou podes ver-te diante de uma situação sem saída.” A maioria das discussões é iniciada impulsivamente. Salomão nos adverte que é muito provável que um conflito iniciado por impulso acabe sendo nocivo. Ele aconselha a evitar isso. É importante parar e pensar em estratégias alternativas.
5. Interferir nos conflitos de outras pessoas - Em Provérbios 26:17, ele diz: “Agarra um cão pelas orelhas quem se mete em briga alheia.” É natural querermos ajudar os outros em seus conflitos. Apesar disso, afirma Salomão, ao fazê-lo, você é quem vai ser mordido. Tomar partido de uma pessoa sem saber todas as questões envolvidas é garantia de desastre. Mesmo quando alguém pedir sua ajuda em um conflito reflita bastante e se aconselhe antes de interferir. Nunca tenha medo de dizer “não”, explicando que considera essa atitude a melhor para todos.
 
Pr. Vicente de Deus
Retornar 
Copyright @ 2008 - Todos os direitos reservados.