Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player


Acessos -
Deprecated: mysql_connect(): The mysql extension is deprecated and will be removed in the future: use mysqli or PDO instead in /home/jornalpr/public_html/Connections/dbgeral_gersite.php on line 5
161934


Clique aqui para acessar


FACEBOOK

*JORGE DA SILVA SILVA
http://www.facebook.com/PrJorgeSilva

*MÁRIKA SOARES COSTA
http://www.facebook.com/MARIKASOARESCOSTA


Clique aqui e confira as fotos



CLIQUE AQUI E CONFIRA AS FOTOS



CLIQUE AQUI E CONFIRA AS FOTOS


Clique aqui e confira as fotos


Clique aqui e confira as fotos


Clique aqui e confira as fotos


Clique aqui e confira as fotos


Clique aqui e confira as fotos

Clique aqui e confira as fotos


Clique aqui e confira as fotos


 

Boa Tarde! Hoje é: 23/10/2018
Artigos

Deprecated: mysql_connect(): The mysql extension is deprecated and will be removed in the future: use mysqli or PDO instead in /home/jornalpr/public_html/Connections/dbgeral_gersite.php on line 5
O AMOR CONJUGAL

 

 

Pr. Jorge Silva, esposa Missª. Márika Costa e filha Ana Carolina
 
Como os maridos devem amar suas esposas:
O marido, em demonstração de seu amor por sua esposa, deverá servi-la dando-lhe a maior honra, sabendo que está convivendo com um vaso mais frágil, dependente de seu carinho intenso, atenção, palavras de afirmação, servindo-a no que for preciso, pois para tudo existe uma linguagem apropriada, portanto, o marido deve conhecer a linguagem de sua esposa (1 Pe 3:7). Para ser mais claro, esse amor deve ser de entrega total, dando sua própria vida por amor a ela, comparando ao papel de Cristo em relação à igreja, quando Ele a amou e se entregou por ela (Ef5:25).
Há homens que se acham machões, donos da razão, pensam que casamento é uma compra de escrava, que a mulher vai ao cartório assinar um papel de escravatura, e não de unidade de vida, de corpo, de história, etc. Tudo que vem à sua mente é o sexo, a mordomia quanto aos afazeres domésticos: ter roupa lavada e comida na mesa sem seu menor esforço. Se o marido não tem o prazer de se sacrificar-se juntamente com sua esposa, dividindo os serviços da casa, procurando dividir o peso da cruz, não está amando-a como a seu próprio corpo, nem mesmo dando-lhe seu devido valor. Não amá-la como a si mesmo está errado. Assim, o seu papel de esposo amável fica a desejar. A Bíblia diz que devemos amá-la e não tratá-la com grosseria, palavras arrogantes, sem temor, provocando-lhe a ira (Cl3:19).
É certo que a ação mútua de auxílio nos serviços de casa, dependerá do esposo não se encontrar no seu trabalho diário para o sustento da família. Fora disso, é por natureza do homem que a ama, não subornar a consciência da mulher com o machismo que pleiteia seu espaço, porque aprendeu de seus antepassados que mulher nasceu para este serviço. De outra forma, com o bom senso do pai, os filhos aprenderão qual seu desempenho a praticar e entender que mamãe não é escrava, percebendo que todos têm o direito de envolver-se em tais ocupações. O homem sábio procura de todas as formas, conquistar um tempo maior para estar com a família.
 
Como as esposas devem amar seus maridos:
É importante que a mulher conheça bem o homem com quem pretende se casar. Não ignorar suas arrogâncias, falta de compromisso, desrespeito, desafeto, ignorância. Analise seu comportamento na casa de seus pais, descubra como trata outras pessoas, inclusive os irmãos, pois, da mesma forma poderá agir depois que estiver casado. Para mudar o caráter de um homem nesse estágio, só mesmo através de oração e palavras sábias de uma mulher que tem paciência e temor de Deus.
A mulher, por ser mais afetuosa, tem mais facilidade do que o homem no contorno de uma circunstância de discordância. Pode até não querer agir, mas com certeza, Deus lhe deu esse comando. Difícil é querer abrir mão da razão, e tendo vencido essa barreira de separação, terá conquistas e sucessos no casamento. Diz a Bíblia: “Toda mulher sábia edifica a sua casa; a insensata, porém, derruba-a com a suas mãos” (Pv 14:1). E diz ainda: “A mulher virtuosa é a coroa do seu marido; porém a que procede vergonhosamente é como apodrecimento nos seus ossos” (Pv 12:4).
No ano de 1983, estive afastado dos caminhos do Senhor por quase três anos. Muitas vezes saia para comprar mantimento e me embriagava, só chegava em casa depois de três dias. A mãe de meus filhos (em saudosa memória), mulher de fé, oração e temente a Deus, muitas vezes dava-me banho e trocava minha roupa. Nunca me chamou de bêbado, sem vergonha e vagabundo, nem mesmo se alterava comigo. Contudo, profetizava que um dia Deus mudaria esse quadro e que eu seria um missionário. E hoje é o que se vê.
Para haver harmonia no casamento, é necessário mútuo respeito, desde as idéias, gostos, emoções, prazeres, buscando a compreensão sem julgamento e desconfiança. Cada um deve conhecer o seu lugar nas ordenanças bíblicas, principalmente quanto à submissão da esposa em relação ao marido: “Vós mulheres submetei-vos a vossos maridos como ao Senhor” (Ef5:22,24). Essa expressão como ao Senhor abre um leque de ricos horizontes na vida do casal. Como ao Senhor devem agir em sinceridade, honestidade, fidelidade, confiança, tratá-lo bem; nele depositar as mágoas, projetos, alegrias e etc. Fazendo de tudo para agradar ao marido, na verdade, o casamento só tende a crescer, e muito mais, quando cumpridas as responsabilidades de ambos os lados. “Da mesma sorte as mulheres sejam sérias, não maldizentes, temperantes, e fiéis em tudo” (1 Tm 3:11; 1 Co 7:34; 1 Pe 3:1).
Eis aos casados uma recomendação básica: “Porquanto o que Deus ajuntou, não o separe o homem” (Mc 10:9).
A mulher não deve apartar-se do seu marido – “Todavia, aos casados, mando não eu, mas o Senhor, que a mulher não se aparte do marido; se, porém, se apartar, que fique sem casar, ou se reconcilie com o marido; e que o marido não deixe a mulher” (Co 7:10,11).
Que seu casamento seja uma benção nas mãos de Deus. Que nada venha interferir no seu relacionamento. Nosso desejo é que sejam felizes até que a morte os separe, e mesmo assim, que ela não venha antes da hora, mas, dentro da vontade diretiva de Deus. Que o próprio Deus possa oferecer tempo suficiente para viver e curtir esse amor em sua mais alta expressão.
 
Sobre o Autor: Casado com a Missª Márika Costa. Desde 1989 é conferencista, já esteve em vários países da América Latina, Japão, Europa, Continente Africano e em 23 estados do Brasil. Um homem escolhido por Deus para abençoar vidas, por onde passa tem deixado marcas. É apontado como um homem de fé, um homem que crê no Deus que realiza o impossível, são milhares de testemunhos de milagres, que o Deus do impossível tem feito através da vida do Pastor Jorge Silva.
Retornar 
Copyright @ 2008 - Todos os direitos reservados.