Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player


Acessos -
Deprecated: mysql_connect(): The mysql extension is deprecated and will be removed in the future: use mysqli or PDO instead in /home/jornalpr/public_html/Connections/dbgeral_gersite.php on line 5
162742


Clique aqui para acessar


FACEBOOK

*JORGE DA SILVA SILVA
http://www.facebook.com/PrJorgeSilva

*MÁRIKA SOARES COSTA
http://www.facebook.com/MARIKASOARESCOSTA


Clique aqui e confira as fotos



CLIQUE AQUI E CONFIRA AS FOTOS



CLIQUE AQUI E CONFIRA AS FOTOS


Clique aqui e confira as fotos


Clique aqui e confira as fotos


Clique aqui e confira as fotos


Clique aqui e confira as fotos


Clique aqui e confira as fotos

Clique aqui e confira as fotos


Clique aqui e confira as fotos


 

Boa Tarde! Hoje é: 13/12/2018
Artigos

Deprecated: mysql_connect(): The mysql extension is deprecated and will be removed in the future: use mysqli or PDO instead in /home/jornalpr/public_html/Connections/dbgeral_gersite.php on line 5
HOJE ELE É ADVOGADO, MAS UM DIA SERÁ JUIZ!

Pr. Jorge Silva (Foto: Núbia Camargo)
 
Conta-se uma história de dois amigos: João Pedro e Paulo Henrique. Eles viveram a infância juntos e construíram uma amizade que se estendeu até a vida adulta.
         João, seguiu a vida estudando, investindo nos seus objetivos futuros. Paulo, o mais novo, a quem chamavam de Paulinho, já não se preocupava em estudar, nem mesmo dedicava-se ao trabalho, vivendo uma vida dissoluta, lucrando nas custas dos pais, tendo uma vida funesta e entregue ao crime.
         O tempo passou e Paulinho não cessava de cometer grandes e pequenos furtos, transgredindo constantemente a lei. Quanto ao João, havia se formado em Direito e, mesmo sabendo que seu amigo estava preso por desvio de conduta moral, não se recusava a ajudá-lo, defendendo-o com toda a veemência, uma vez que outros advogados não se interessavam por sua causa.
         O tempo passou... meses depois Paulinho precisou mais uma vez da ajuda de João pois estava preso outra vez por causa de seus delitos, mais uma entre outras dezenas de vezes, mesmo prometendo que não ia errar mais. Porém, desta vez, Paulinho ficou surpreso com a atitude de João, seu amigo de infância, aquele que sempre estava pronto para resolver suas causas. Então, disse-lhe João:
__ “Paulinho, você é meu amigo, mesmo sabendo o mal que você pratica. Porém, sinto muito em não poder mais te ajudar”. Paulinho surpreso pergunta:
__ “Mas por quê? O que está acontecendo? Estou tentando mudar, preciso que você me ajude mais essa vez!” João responde:
__ “Paulinho, quando eu estava aqui para te livrar da prisão, era apenas advogado, hoje eu sou o juiz desta cidade. Não posso mais defender sua causa, apenas julgá-la.
         A Bíblia diz em l João 2.1: “Meus filhinhos, estas coisas vos escrevo, para que não pequeis: e, se alguém pecar, temos um advogado para com o Pai, Jesus Cristo, o justo”.
         Assim como Paulinho, há muitos que cometem pecados, reconhecem seus erros e, portanto, são perdoados. Isto porque são clientes do melhor advogado que o mundo já viu e estão sustentados na misericórdia d'Ele (Lm. 3.22), mesmo assim, permanecem nos seus erros.
         Jesus é o nosso advogado por excelência. Formou-se na mais difícil escola da vida, o Calvário. Morreu por seu objetivo e, quando tudo se assinalava acabado, por satanás e homens, Jesus foi diplomado na ressurreição, venceu a morte e o inferno para tirar-te da prisão.
         Ele é teu amigo, teu defensor, te conhece mais do que ninguém. Todos te abandonaram, mas Ele não rejeita um coração quebrantado, que não se conforma com uma vida de sujeição ao pecado.
         Hoje, o Senhor Jesus está para advogar a tua causa, defender você. Intercede ao Pai, o supremo juiz que julga o processo de cada cliente de maneira individualizada. Por isso, jamais perdeu uma causa. Porém, não se pode perder de vista que Jesus, um dia, será teu juiz. Assim nada poderá fazer por ninguém. Portanto, esteja preparado, não brinqueis com Sua misericórdia. Tiago. 5. 9 diz: Não vos queixeis, irmãos, uns dos outros, para que não sejais julgados. Eis que o juiz está à porta. Pois conhecemos aquele que disse: “Minha é a vingança, eu retribuirei”. E outra vez: “O Senhor julgará o seu povo” disse o escrito aos Hebreus (10.30).
Por Pastor Jorge Silva – Conferencista e Escritor
Retornar 
Copyright @ 2008 - Todos os direitos reservados.